Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 26 de julho de 2011


Desistir de um amor é como desistir de viver....fazemos loucuras, nos arrependemos, acordamos e falamos: " estou curada " ,hoje acordei feliz e nada vai mudar isso, estou renovada. Que mentira, ao acender o primeiro cigarro alembrança começa a fluir, as lagrimas a cair....e ainda somos capazes de nos sentir culpadas pelo abandono....nos perguntamos onde erramos?
Erramos em amar, em nos entregar, em ser fiéis ?
Então onde acertamos, na quantidade do amor, na qualidade do jeans que ele não gostava, ou era o perfume????????
Fico me penitenciando, procurando os erros que nem sei se existiram.
Estou cansada .....da vida, do amanhecer , da burrice , dessa solidão assistida por mim mesma....a impressão que da é que nunca vai passar....e srá que vai.ANA CAVALCANTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário