Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Ri, palhaça

Da tua própria desgraça

Vai! Ri!

Pensaste ver na peça

Uma riqueza de tragédia

que transformaram tua vida

Numa insana comédia

Ri, palhaça

Está tudo ali

Tuas falsas confissões

Tuas manipulações

Ri, agora

És a palhaçada da hora

Sem mentiras

Só partituras

Tão bem tocadas

Vai! Ri!

Levanta e empoa o nariz

Vai, busca ainda ser feliz

já que o diabo te quis

Nenhum comentário:

Postar um comentário