Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 14 de maio de 2011

Amar...amar... não existe a menor possibilidade de se explicar... amar o inatingível, o verdadeiro,o esquecido... Amar sem retorno, sem esperar... amar o novo... o novo AMAR!

Nenhum comentário:

Postar um comentário