Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 14 de maio de 2011

Saudades do que um dia eu fui, sorrisos, sonhos, amante , amada, nos meus olhos era explicito a sede interminável de vida....e hoje sou simplesmente lágrima, dor, tristeza, solidão...minha existencia é apenas uma espera pra morte do meu corpo, pois minha alma ja não responde as batidas fracas do meu coração...AC

Nenhum comentário:

Postar um comentário